Artigo - Ouro Safra
Feijão: Encontro de produtores em Paracatu
Buscando no histórico, vemos que sempre após fortes altas de preços encontram-se, ainda que temporariamente, consolidados em um patamar. Os produtores, em sua grande maioria, optam em aguardar. Aqui e ali acontecem negócios pouco abaixo dos R$ 400. Mas há compradores ofertando, logicamente, preços bem abaixo. Será que é combinado? Pouco provável.

Se fosse meia dúzia de compradores talvez chegassem a um acordo. O que acontece é que estão aguardando que as reposições por parte do varejo ocorram, e vão acontecer. Portanto, os produtores que aguardam para vender, quando isso ocorrer, não vão se arrepender se o que esperam são os valores superiores. É bastante cedo para este alerta, mas não é demais.

Quem tem Feijão acertou na mosca ao ter plantado e ter hoje estoques. Mas acertar em cheio o maior preço do ano daí é acertar no olho da mosca. Desse modo, o preço médio não pode ser esquecido como a melhor estratégia.

Fonte:Notícias Agrícolas
Puxadas pelo milho, exportações do agro atingem US$ 8,4 bilhões em outubro 16/11/2019
As vendas externas do milho registraram valor e quantidade recorde exportada para o mês de out...
Artigo Leia mais
Produção de açúcar do CS dispara 57,8% na 2º quinzena de outubro, diz Unica 16/11/2019
SÃO PAULO (Reuters) - A produção de açúcar do centro-sul do Brasil na segunda quinzena de ...
Artigo Leia mais
Exportações de café brasileiro atingem 3,4 milhões de sacas em outubro 14/11/2019
No mês passado, o Brasil exportou 3,4 milhões de sacas de café - considerando a soma de caf...
Artigo Leia mais
Biodiesel: Abiove, setor irá produzir 6,8 milhões de m³ para atender demanda de 2020 13/11/2019
Na última semana o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, oficializou que o aumento d...
Artigo Leia mais

Ouro Safra® 2012. Todos direitos reservados