Artigo - Ouro Safra
Só os estocados podem evitar novas altas
No mercado de Feijões durante esta próxima semana haverá mais empacotadores ativos, uma vez que retornam das férias coletivas. Diversas indústrias, que dependem de prover alimentação para seus colaboradores, também retornam ao expediente normal. Pelo lado da demanda não há porque diminuir os preços de nenhum destes Feijões e somente os produtores ou os especuladores que estão estocados poderão, em algum momento, ofertar em excesso e momentaneamente diminuir as cotações, sobretudo no Feijão-carioca. É interessante que o mercado agrícola esteja muito preocupado com as perdas que o clima trouxe para a soja, mas não é diferente no caso das outras culturas de verão, e isso inclui o Feijão. Durante a semana passada, os valores oscilarão entre R$ 200 em Goiás que equivale, se somado o ICMS, a R$ 210 em Minas Gerais. No Paraná são poucas as ofertas e não há, no horizonte imediato, fatores que indiquem grande aumento de colheita.

Fonte: Notícias Agrícolas
Colheita de milho do centro-sul do Brasil já passa da metade. 16/07/2019
Produtores do centro-sul do Brasil já realizaram a colheita em mais de metade da área de milh...
Artigo Leia mais
Exportações de grãos da Ucrânia atingem novo recorde. 19/07/2019
A Ucrânia acabou registrando bons números relativos à exportação, não somente de grãos, ...
Artigo Leia mais
ALFACE/CEPEA: frio reduz o consumo e preço cai. 18/07/2019
Os preços da alface caíram novamente nas regiões paulistas de Ibiúna e Mogi das Cruzes nos ...
Artigo Leia mais
Consumo mundial de trigo deve aumentar em 19/20. 17/07/2019
A oferta e o consumo mundiais de trigo na safra 2019/20 devem ser maiores do que os da temporad...
Artigo Leia mais

Ouro Safra® 2012. Todos direitos reservados