Notícia - Ouro Safra
Estados Unidos aprovam soja transgênica argentina.
A empresa argentina de biotecnologia Bioceres disse na quinta-feira que recebeu a aprovação dos Estados Unidos pela variedade de sementes de soja resistentes à seca 'HB4', embora para sua comercialização aguarde o consentimento da China planejado para o final de 2020. O evento biotecnológico, em conjunto com a empresa norte-americana Arcadia, aprova a comercialização de sementes resistentes à seca e ao estresse hídrico nos Estados Unidos, disse à Reuters uma fonte da empresa sul-americana.

Por seu turno, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) disse em uma resolução que a decisão é "cientificamente sólida". A Bioceres, que já tinha o apoio do Brasil para essa variedade de sementes, disse que é a primeira vez que uma empresa na América Latina recebe aprovação dos Estados Unidos.

"Este evento é único porque as grandes multinacionais não têm essa tecnologia", disse a Reuters acrescentando que o processo agora "tem a aprovação dos Estados Unidos sem restrições". Estados Unidos, Brasil e Argentina são os três principais exportadores mundiais de soja e a aprovação da China da semente de soja 'HB4' é fundamental para a expansão do produto Bioceres nos produtores de soja, já que o país asiático é o principal importador da oleaginosa.

Com a abertura do mercado chinês, "estaríamos penetrando uma área equivalente a entre 15% e 25% da área de soja da Argentina (com soja HB4) em um período dos primeiros três a cinco anos", disse o presidente executivo da soja da Bioceres Argentina, Federico Trucco. Segundo a Bolsa de Valores de Rosário (BCR), a área plantada com soja na Argentina no ciclo 2018/19 foi de 17,3 milhões de hectares.
Fonte: agrolink

Ouro Safra® 2012. Todos direitos reservados