Notícia - Ouro Safra
Exportação de café bate novo recorde no Brasil.
Dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) mostram que o mês de maio foi positivo para o café brasileiro, especialmente no volume de exportações. Foram 3,5 milhões de sacas, somando café verde, solúvel e torrado & moído, gerando receita de US$ 416,2 milhões. O volume é 103,5% maior se comparado com maio de 2018 e a receita 57,6% superior.

O café arábica lidera com 80% do volume total seguido do conilon (robusta) com 10,7% e do solúvel com 9,3%. Ainda em relação a maio do ano passado os embarques de café conilon cresceram 707,1%. No período de janeiro a maio de 2019, o Brasil exportou café para 117 países “A performance das exportações do café brasileiro segue muito positiva, apresentando ótimos resultados para o mês, para o ano e também no ano-safra, que se encerra neste mês (junho). Estamos batendo recordes históricos nas exportações de café brasileiro, atendendo à demanda dos nossos importadores com muita eficiência, qualidade e sustentabilidade”, declara Nelson Carvalhaes, presidente do Cecafé.

As exportações de café neste ano foram as melhores dos últimos cinco anos para o período, com o embarque de 16,9 milhões de sacas, o que representa crescimento de 40% em relação ao mesmo período do ano passado. Nos últimos 12 meses o Brasil exportou 40,5 milhões de sacas de café, sinalizando um recorde histórico para o período na comparação com anos anteriores.

Entre os principais destinos do café brasileiro estão os Estados Unidos, Alemanha, Itália, Turquia e Reino Unido. O Porto de Santos segue na liderança da maior parte das exportações em 2019, com 79,1% do volume total exportado a partir dele (equivalente a 13,3 milhões de sacas). Em segundo lugar estão os portos do Rio de Janeiro, com 12,3% dos embarques (2 milhões de sacas).
Fonte: agrolink

Ouro Safra® 2012. Todos direitos reservados