Notícia - Ouro Safra
Milho fecha segunda-feira com Chicago em baixa à espera do USDA

A segunda-feira (06) chega ao final com leves quedas para os preços internacionais do milho na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registraram perdas entre 0,75 e 1,75 pontos ao longo do dia.

O vencimento março/20 foi cotado à US$ 3,84 com desvalorização de 1,75 pontos, o maio/20 valeu US$ 3,91 com baixa de 1,50 pontos, o julho/20 foi negociado por US$ 3,98 com perda de 1,25 pontos e o setembro/20 teve valor de US$ 3,97 com queda de 0,75 pontos.

Esses índices representaram desvalorizações, com relação ao fechamento da última sexta-feira, de 0,52% para o março/20, de 0,51% para o maio/20, de 0,25% para o julho/20 e de 0,25% para o setembro/20.

Segundo informações da Agência Reuters, os contratos futuros de milho caíram em um recuo de vendas técnicas e obtenção de lucros à medida que os investidores esperam os principais dados de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) que será divulgado nesta semana.

Além disso, “as tensões geopolíticas depois que os Estados Unidos mataram um general iraniano apagaram os ganhos do ano novo para as ações mundiais”, diz Karl Plume da Reuters Chicago.

Os mercados de grãos aguardam mais orientações fundamentais das estimativas de safra do USDA nesta sexta-feira (10). “Os dados de 10 de janeiro fornecerão mais indicações sobre o tamanho da colheita de milho do ano passado, atrasada pelo tempo frio e úmido, bem como projeções da oferta e demanda mundial de grãos”, destaca a publicação.

Fonte: Notícias Agrícolas 


Ouro Safra® 2012. Todos direitos reservados