Notícia - Ouro Safra
Nuvem de gafanhotos deve ser dispersada com chegada de frente fria
Circulação dos ventos, calor e tempo mais seco em parte da América do Sul influenciaram na rota da nuvem de gafanhotos que está próxima ao Brasil. Porém, segundo a meteorologista Desirée Brandt, da Somar, essas condições estão com as horas contadas, inclusive no Rio Grande do Sul.
“Já temos uma frente fria e com o avanço dela, além dos ventos mudando de direção, vai chover e esfriar. Isso, segundo especialistas, ajuda a espantar os insetos”, comenta.
Por enquanto, os ventos continuam soprando de Norte, ajudando o caminho da nuvem de gafanhotos. Mas na retaguarda da frente vêm ventos soprando do Sul, o que deve ajudar a desviar ou dissipar a nuvem.
De 25 a 29 de junho, o calor deve continuar no Brasil, principalmente no interior e Norte. As temperaturas mínimas devem cair no Centro-Sul, inclusive com chance de geadas no Rio Grande do Sul no fim de semana.
Nesta quinta-feira, 25, a frente fria pode alcançar até áreas do Paraná e de Mato Grosso do Sul. “O dia promete ser de tempo nublado e chuva a qualquer hora no Rio Grande do Sul. O acumulado será expressivo, entre 30 e 50 milímetros”, diz.
Fonte: Canal rural

Ouro Safra® 2012. Todos direitos reservados